sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

UM NOVO ANO: A VIDA SE RENOVA

A Natureza jamais vai deixar de nos surpreender. As teorias de hoje, das quais somos justamente orgulhosos, serão consideradas brincadeira de  criança por futuras gerações de cientistas. Nossos modelos de hoje certamente serão pobres aproximações para os modelos do futuro.[...]Teorias científicas jamais serão a  verdade final: elas irão sempre evoluir e mudar, tornando-se progressivamente mais corretas e eficientes, sem  chegar nunca a um estado final de perfeição. Novos fenômenos estranhos, inesperados e imprevisíveis irão sempre desafiar nossa imaginação. Assim como nossos antepassados, estaremos sempre buscando compreender o novo. E, a cada passo dessa busca sem fim, compreenderemos um pouco mais sobre nós mesmos e sobre o mundo a nossa volta.[...]
É a persistência do mistério que nos inspira a criar.
Marcelo Gleiser, A dança do Universo, 2006.




   Ocultista e alquimista francês, François Jollivet Castelot alegava poder transformar prata em ouro.
http://hypescience.com/incriveis-imagens-de-antigos-laboratorios/


Mark Reece, à esquerda, e Don Susan examinam um novo botão de liga de memória que eles removeram de um arco-aparelho de fusão. Várias novas ligas têm sido desenvolvidas no Sandia
http://hypescience.com/imagens-incriveis-laboratorios-cientificos/