sexta-feira, 22 de agosto de 2014

ARTE E EMOÇÃO 2: AS QUATRO PIETÁS DE MICHELANGELO

Contemplar a Pietá de MIchellangelo, no Vaticano,  é perceber a beleza em sua forma mais perfeita: a cor e o brilho do mármore, a expressão da Madona e do Cristo morto, as linhas sinuosas, a perfeição dos corpos, das vestes... 
Sabe-se entretanto que esta é apenas uma das quatro Pietás esculpidas pelo artista. Outras três, das quais duas  são reconhecidamente dele, encontram-se nos museus de Florença e Milão. Cada uma delas , com suas peculiaridades, expressam a força e a grandiosidade de Michelangelo Buonarrotti..


Pietá Vaticana ou de São Pedro, em mármore de Carrara, encontra-se no Vaticano.



Pietá Bandini, encontra-se no Museu dell' Opera del Duomo, em Florença. Diferente das demais, traz, amparando Cristo, uma figura masculina: José de Arimateia. Diz-se que o rosto deste é o auto-retrato de MIchellangelo.


Pietá de Palestrina, encontra-se na Galleria dell'Accademia, também em Florença. Uma das duas Pietás inacabadas de Michellângelo, há dúvidas sobre a autoria, por não existirem documentos que provem sua autenticidade.


Finalmente, a Pietá de Rondanini, também inacabada, pode ser vista no Castelo Sforzesco, em Milão. Sabe-se que Michelangelo trabalhava nesta obra pouco antes de morrer.



LA PIEDAD:  Robert Hupka e Giorgio Vasari. 
Melodia: Angeli, de Sacha Lazard
Youtube

As informações contidas nesta postagem foram obtidas no blog SIMECQ.CULTURAhttp://simeqcultura.blogspot.com.br