quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

TEMPO DE NATAL

É tempo de Natal!
Todos os sentidos são estimulados: luzes, sons, aromas, delícias na mesa, abraços, beijos... Ao menos uma vez ao ano...

É tempo de Natal!
A sensação de abrir o coração para o outro parece renascer e campanhas, doações, ofertas são feitas aos que mais precisam. Ao menos uma vez ao ano...

É tempo de Natal!
Para muitos, a fé se renova ou renasce, e os templos se enchem de fiéis que creem, que buscam o perdão, ou que prometem, se comprometem. Ao menos uma vez ao ano....

É tempo de Natal!
As famílias se unem, em comunhão, relevando as falhas, esquecendo as mágoas, perdoando as faltas. Ao menos uma vez ao ano...

É tempo de Natal!
Os amigos se confraternizam, as diferenças são esquecidas, os ausentes são lembrados, há uma trégua nas disputas cotidianas. Ao menos uma vez ao ano... 

É tempo de Natal!
E como seria bom se esse tempo se prolongasse, permanecesse por todos os dias do Ano Novo, até que chegasse um novo tempo de Natal...




NATAL
Di Cavalcanti
http://www.cultura.rj.gov.br/materias/galeriabrasil