segunda-feira, 13 de março de 2017

LEMBRANÇAS

Lembranças vêm de mansinho, 
e se instalam sem pedir licença...
Chegam sem motivo, 
sem porquê
e quando menos se espera,
lá estão elas, dominando os olhos, os ouvidos,  a mente,
todos os espaços, invasivas...
Por vezes são serenas,
amenas imagens, 
coloridos sons, vozes, movimentos...
Outras vezes, sombrias,
trazem dolorosas ventanias,
arrasando um presente construído.
São apenas lembranças: 
um rosto, um sorriso, um lugar,
uma palavra, uma lágrima, um gesto...
Mas estão vivas, presentes, latentes,
aguardando a vez, quem sabe,
a oportunidade, talvez,
ou simplesmente um fato,
uma música, uma imagem
que as façam desencantar...
E então se mostram e se revelam
fazendo retornar um tempo ido,
um momento já vivido,
que aos poucos desvanece
deixando um gosto de passado,
um  suave sabor de saudade...




Retrato em branco e preto
Chico Buarque
autores: Chico Buarque e Tom Jobim
Youtube

"Eu trago o peito tão marcado
de lembranças do passado"
Chico Buarque de Holanda