quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Perdão

Peço perdão pelo que não foi dito,
pelo que não foi visto,
pelo que não foi feito...
Peço perdão pelas palavras não pronuciadas,
pelos olhares desviados,
pelos gestos reprimidos.
Peço perdão por tudo aquilo
que se deixou de realizar,
pela indiferença,
pela omissão...
E só por isso eu peço perdão:
pois o que foi feito,
e visto,
e dito,
fosse certo ou errado,
pensado ou irrefletido,
ao menos foi vivido
e sentido!